sábado, 12 de julho de 2008

Consciente da Eternidade

Para ser consciente de ser eterno tem que haver um certo ritmo. Compreender as disposições em contrário. Dar a possibilidade dos seres serem quem são. De se enganarem, de permanecer no erro.
O ser, consciente de ser eterno, é livre para viver e compreende a mesma liberdade a todos os seres.
Um ser consciente não pode ser dominador, manipulador, embora possa sentir dor em ver seres que lhe são caros tomarem decisões adversas a suas ou traírem sua confiança e anseios. Sabe sempre, que cada ser vive de maneira a atingir sua própria liberdade ainda que por caminhos tortuosos.
Somos livres e eternos. Conscientes disso ou não. Mas o ser consciente não tem mais a intenção de aprisionar ou subjugar qualquer consciência, em qualquer nível de sutileza que seja. E permite que todos recolham o fruto de sua colheita. No entanto auxilia, ciente de que de auxílio, todos necessitamos.

Paz e Luz no eterno infinito!
Antenor Emerich

2 comentários:

porque, é um bom porque! disse...

que bonito o que tu escreveu :D
pra ser consciente precisa ter ousadia.

Manoel Arthur Júnior disse...

Belíssimo Antenor!
Parabéns; vi luz no meu caminho em tuas palavras.
Deus te abençoe.