quarta-feira, 5 de setembro de 2007

Descobertas

Que fazer? A vida sempre muda. Tudo sempre muda, e eu, sem menor cerimônia mudo junto. Transformar é a lei primeira da vida, não estabelecer. A natureza reafirma seus meios e concretiza a sua trasnformação, constantemente.
O que ainda me espanta são pessoas querendo viver suas vidas a seu bel prazer impjdo leis e regras para os outros seguirem. O que me espanta é que eu tenha que ser enquanto o outro não sabe o que é. Ainda assim eu ainda sou eu, um emaranahado de emoções, sentimentos, desapegos. Sei que vivo só, e só eu sigo. A vida é um caminho de descobertas, e estou pronto para ser diferente a cada instante. Meus objetivos não podem ser fixos, por que minha sabedoria está em ter certeza absoluta que posso estar completamente enganado, que posso estar caminhando pro lado errado, mas a dúvida é o preço, é inútil ter certeza.
Caíram todos os que juraram, desde os geocentristas tudo o que era certo virou um tipo de piada, por que eu iria crer que entendi ou que sei algo que é verdade para sempre. NÃO!!!! estou atendo minhas verdades devem se desmanchar na névoa da ignorância a qualquer momento, e se não estiver atento posso perder a chance de descobrir que finalmente ue estava errado.
sigo em frente, sempre em frente. ja fui católico, budista, protestante, tenho os livros na estante, todos tem a explicação. Na vida eterna a verdade está la fora, nossa verdade neste planeta confuso não passa da descição de um fato.
Sou eterno, como eterno é o processo de evoluir.

Um comentário:

ronaldo disse...

Pô, cara, é só eu estar presente que a atmosfera inspiradora surge, eu não sei o que dizer, sinto que não adianta ser modesto mesmo (que Tio Dino o diga), fazer o que, que sigam então estas boas emanações sempre e sempre, amém!!!!