segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Pensando na vida: Um dia de otário


Tenho um pior momento na minha vida, um que odeio lembrar, que me dá raiva lembrar.
O pior de lembrar, é lembrar toda vez que fui um otário, mas lembro também, que se não tivesse passado por aquele vexame certamente eu seria um otário até hoje, e pior, provavelmente nem saberia disso.
Então meu pior momento é mesmo um dos melhores momentos, pois tomei consciência de ser um otário.
Por vezes, quando vejo alguém em situação semelhante, penso: "Poderia ser pior. Poderia ser comigo." Não por egoísmo que penso assim, mas para lembrar que da pior situação de uma vida, pode advir a maior benção de uma vida.
No mais, tive muito trabalho, muitos problemas e me encrenquei muitas vezes. Mas nada que me dê raiva como acontece quando lembro que fui de fato um otário um dia.

"Da ignorância nada se aproveita, por que até para perguntar é preciso saber."


Um comentário:

ALÉM DAS SIGLAS POESIAS disse...

Amei seu blog, parabéns!!Voltarei outras vezes